Header Ads

2ª Divisão:"Queremos voltar a colocar o clube na 1ª Divisão"


O Mocidade de Sangemil lidera a série 1 da 2ª divisão distrital da AF Porto e pretende regressar à 1ª divisão onde caiu na época anterior. Em entrevista ao JN, o presidente do clube, Mário Vinhas, confessa que a subida é um objectivo traçado desde o início da época mas admite que os seus adversários são "muito fortes".

"Traçamos o objectivo: Subir de divisão. Sabemos que não é fácil, temos equipas adversárias muito fortes, com outras possibilidades financeiras. mas queremos voltar a colocar o clube na 1ª divisão", referiu o presidente do M. Sangemil.

Já o treinador Rolando Pereira, que assumiu a equipa a meio da temporada passada, fez "alterações fundamentais" para que o clube reunisse as condições necessárias para discutir a subida.

"A nossa preocupação foi contratar jogadores experientes e junta-los a outros formados no nosso clube. O facto de termos um campo só nosso para treinos e jogos, foi também importante", explicou o técnico de 50 anos ao jornal de Notícias.

O plantel do Mocidade de Sangemil não é remunerado, havendo para cada jogador no final dos jogos um lanche e ainda um prémio de 5 euros por vitória. Levam chuteiras e o restante material fornecido pelo clube. Tratar bem o plantel é fundamental, segundo o presidente da colectividade.

"Os futebolistas são tudo o que é preciso. O clube trata bem os atletas e não lhes falta nada. Alguns vão para ouras equipas, onde até são remunerados, mas têm outras despesas, como os equipamentos. Esses jogadores voltam quase sempre. Tentamos sempre dar o melhor para eles", referiu o presidente.

Localizado na Maia, na freguesia de Pedrouços, a zona não abunda em pontos comerciais e de uma industria de peso, sendo dificil angariar patrocinadores, valendo neste momento a ajuda da câmara,que segundo o dirigente, "ajuda" nas inscrições dos atletas, nas taxas dos jogos e nos "outrs gastos".

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.