Header Ads

João Pedro Silva abre o livro:"Foi uma decisão que me surpreendeu"

João Pedro Silva deixou recentemente de fazer parte da equipa técnica do Amarante. O treinador adjunto publicou uma nota na sua página oficial do facebook a informar a sua saída.

"Chegou ao fim a minha missao no Amarante Futebol Clube! Saio triste mas com o dever cumprido em relação aquilo que me ligava ao clube! Foram 4 épocas de muita aprendizagem de muita dedicação a uma causa! Agradeço a todos, a todos mesmo, que partilharam comigo estas 4 épocas.... (..) Prometo que um dia voltarei a ser feliz no clube que mais Amo e independentemente de tudo serei sempre do Amarante Futebol Clube!", pode ler-se.


Em conversa com o Bancada Distrital, João Pedro Silva admite estar triste com a saída do seu clube do coração e revela que a decisão acabou por surpreendê-o:

"Sinto-me triste e não posso esconder isso. Estaria a mentir caso não o admitisse. Foi uma decisão que me surpreendeu confesso não estava à espera... toda a gente sabe que é o clube do meu coração muita das vezes pus o interesse do clube a frente de opiniões dos treinadores e fui chamado atenção por isso! Mas as decisões de quem manda são para respeitar! sentia me completamente útil para ajudar o clube a sair deste momento menos bom, e sinto me revoltado por certas coisas que estão acontecer e eu não poder fazer nada! Gostava que o Amarante saísse da posição onde está, porque muito sinceramente não é a posição correta! Existe muito valor neste plantel", acrescenta João Pedro Silva, que além de ter sido adjunto no Amarante FC, chegou também a ser atleta, ex-director e ex-membro da claque.

O treinador aguarda por novos projectos e para já tem ocupado o seu tempo livre na observação de jogos de "várias divisões" . Questionado se este adeus ao Amarante é para sempre, o treinador foi peremptório:

"A palavra adeus é para sempre! Isso não existe para mim é muito menos na questão do Amarante! Tenciono voltar um dia seja daqui a uma semana um mês um ano etc! Mas voltar tenho a certeza que vou voltar! Até pode nem ser para ser treinador mas que vou voltar isso não tenho dúvidas!", remata.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.