Header Ads

Treinador do Ataense elogia jogadores e divide créditos com o seu antecessor

Pedro Gonçalves à direita

O Ataense está prestes a entrar numa nova fase importante da sua história com o arranque previsto para este ano das obras de requalificação do complexo desportivo. Antes, havia uma batalha por vencer: garantir a manutenção dos seniores na 1ª divisão. Um objectivo que foi alcançado no passado domingo, após vitória por 2-1 sobre os Lusitanos.



Com uma época com a "casa às costas" e tendo a equipa treinado num indoor nas vésperas de um jogo decisivo, o plantel às ordens de Pedro Gonçlaves,  treinador que assumiu a equipa a meio do campeonato, conseguiu a permanência sem ser preciso muitas alterações na equipa.

"O grupo foi sempre o mesmo....ao contrário de outras equipas que foram buscar quase outro plantel para a segunda volta, nós apenas fomos buscar um lateral direito e um ponta de lança para substituir dois jogadores que saíram por motivos pessoais" recorda Pedro Gonçalves em declarações ao nosso site. O treinador fala "num grupo fantástico", agradeceu aos seus adjuntos Pedro Jesus e Fernando Fernades e até o seu antecessor Sérgio Espírito Santos não foi esquecido

"Tivemos mais sorte que ele. Foi sempre empenhado e se o grupo é bom...é mérito dele pois foi ele que o compôs inicialmente", elogiou o treinador do Ataense, que prefere não abordar o seu futuro.

"Agradeço ao presidente e restantes directores por nunca deixarem faltar nada. Apesar de andarmos sempre com a casa às costas, eles foram incensáveis. O meu futuro? Neste momento isso não é o importante...o importante é o futuro do clube num ano tão decisivo como este que se avizinha. Dou sempre prioridade ao clube onde estou", remata.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.