Header Ads

Canidelo: Treinador fala em "desafio terrível" e explica porquê

Clube gaiense mantém-se entre os grandes do distrital após notável subida de rendimento 

O Canidelo alcançou com brilhantismo a manutenção na divisão de elite da AF Porto. Quando Óscar Nogueira assumiu o comando técnico à 17ª Jornada, os gaienses ocupavam a zona de despromoção, a um ponto do já despromovido Pedrouços e a sete do Vila e oito do Grijó.


Dali para a frente, a subida de rendimento foi notória e a três jornadas do fim, chegou a confirmação da manutenção com onze pontos de vantagem sobre o Pedrouços e à frente na classificação do Vila e Grijó. Uma recuperação notável, típico de Óscar Nogueira, que tem o hábito de renascer as equipas por onde passa.

Recorde também: Divisão de Honra: Recuperação notável com Óscar Nogueira ao leme


O Bancada Distrital entrou em contacto com o treinador do Canidelo para nos dar a sua opinião acerca da conquista da manutenção. Em poucas palavras, Óscar Nogueira atribui o mérito aos seus jogadores e não se arrepende da sua decisão arriscada em assumir o comando técnico do Canidelo que se encontrava numa situação difícil na tabela.

"Quanto a mim, foi mais um desafio terrível mas vencido, tanto ou mais saboroso do que uma das cinco subidas que tive na carreira", confessa Óscar Nogueira.

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.