Header Ads

Adeptos fazem espera a árbitro e ameaçam partir-lhe as pernas


Um jovem árbitro de 21 anos, da AF Braga, sofre emboscada  por pais de jogadores e adeptos depois de ter orientado um jogo entre os juniores do Operário de Antime e o Santa Maria, de Barcelos.

Lucas Martins, o jovem árbitro, terá sido mesmo encurralado  e ameaçado e tudo começou, segundo um jornal nacional, através de um alegado penálti que  não foi assinalado a favor do Operário Antime. O jogo terminou empatado (1-1).

Segundo relatou a imprensa nacional, parte do percurso entre o campo do Antime e Fafe foi feito com acompanhamento da GNR, mas na chegada  à praceta Dr. Parcídio de Matos, o veículo em que seguia a equipa de arbitragem foi barrado por dois carros.

Terão sido 10 pessoas, identificadas como adeptos do Antime, começaram a ameaçar o árbitro Lucas Martins e pontapearam a viatura. O árbitro apresentou depois uma queixa na GNR. Contudo, as ameaças não ficaram por aqui. No dia seguinte, o pai de um dos jogadores, acompanhado por alguns adeptos, dirigiram-se à casa do jovem árbitro para pedirem a retirada da queixa.  Segundo a imprensa, um dos indivíduos terá afirmado ao pai do árbitro que  "poderia haver o azar de ocorrer um atropelamento" ou de "aparecer com as pernas partidas".

O caso seguirá para inquérito judicial.


Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.