Header Ads

Duarte Gomes sobre as agressões em Castêlo da Maia:«Bater não faz parte do espectáculo»

© Carlos Manuel Martins/Global Imagens

O ex-árbitro internacional Duarte Gomes, através de um artigo no site "Tribuna Expresso", denunciou os casos de violência em Castêlo da Maia logo após o apito final do Salgueiros vs Oliveira do Douro, a contar para a 8ª jornada da Divisão de Elite da AF Porto.

O artigo em causa, usando os habituais "alegadamentes", descreve a ordem cronológica dos acontecimentos do último Domingo, onde os três árbitros, bem como dois agentes da GNR, foram agredidos por adeptos identificados com o Salgueiros.



«O árbitro, seguramente bem intencionado, cometeu um erro grave: não terminou a partida no momento em que foi empurrado por aquele que foi, aos olhos de todos, o instigador do que aconteceu: o fisioterapeuta do SC Salgueiros.

 Quicá surpreendido por aquela atitude inesperada, o juiz não considerou – como devia – que o gesto irresponsável daquele técnico poderia contribuir para inflamar o ambiente e ser, como foi, o rastilho para algo potencialmente mais grave», refere.

Segundo o mesmo artigo, a  situação agravou-se quando a equipa de arbitragem se dirigiu ao túnel de acesso aos balneários:

« Instalou-se a confusão, com a equipa de arbitragem a seguir em direção ao túnel de acesso aos balneários. Segundo testemunhos, o referido fisioterapeuta terá dito que aquele seria o local ideal para o “acerto de contas”.

Já na zona de acesso aos balneários, o árbitro da partida foi agredido, (alegadamente pelo massagista que antes fora expulso), com dois socos na cabeça. Ficou com uma ferida aberta e ensaguentada, visível para todos. – Cada um dos dois árbitros assistentes – ambos muito jovens – foram também agredidos (pontapeados nas pernas), resultando daí as respetivas mazelas físicas (as marcas continuam lá e estão à vista de toda a gente)», pode ler-se.

Artigo completo: https://kickoff.pt/salgueiros-oliveira-do-douro/

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.