Header Ads

Ermesinde defende-se das acusações do S. Pedro da Cova

Ermesinde 1936 foto

O Ermesinde Sport Clube 1936 deu conhecimento através da sua página oficial no Facebook que se encontra a analisar juridicamente o conteúdo que o clube gondomarense fez chegar à AF do Porto na sequência dos incidentes ocorridos aquando do jogo que opôs as duas equipas no Estádio do Laranjal no passado dia 16 de setembro. 


O S. Pedro da Cova alega que os danos materiais causados pelo "ambiente quente" entre gondomarenses e ermesindenses se traduziu em 1764 euros de prejuízos. Referiu ainda no seu documento que "A massa adepta visitante comportou-se de tal maneira irresponsável e desrespeitosa que acabou por manchar uma tarde de futebol (...)". 

O Ermesinde repudia tais afirmações que considera ferirem "a honra e a dignidade do nosso clube, visando os seus dirigentes, atletas e, essencialmente, todos os Ermesindenses que domingo a domingo apoiam a equipa de forma incondicional, quer seja nas vitórias, quer nas derrotas." 

O Ermesinde 1936 aproveitou ainda esse comunicado oficial para afirmar que se encontra a analisar juridicamente toda esta situação. 

Simão Mata

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.