Header Ads

O papel do Fisioterapeuta numa equipa de futebol


A Fisioterapia tem vindo a afirmar-se, cada vez mais, como um cuidado de saúde necessário, ou muitas vezes, indispensável para o estado de saúde e bem-estar de cada individuo. 

Com a prática desportiva a aumentar ano após ano, surge a necessidade de haverem pessoas qualificadas e competentes para acompanhar os atletas ao longo da época desportiva.  



Atualmente no futebol, com muitos clubes a caminharem no sentido de profissionalizarem as suas estruturas, a necessidade de existir um departamento médico competente é de extrema importância na gestão da época desportiva dos atletas. 

O departamento médico deve trabalhar em constante sintonia com a equipa técnica, para potenciar ao máximo as capacidades de cada atleta, bem como, garantir o sucesso das suas intervenções. A comunicação assume aqui um papel de extrema importância!

Um fisioterapeuta atua não só no processo de reabilitação em si, mas assume um papel importantíssimo nas estratégias de prevenção de lesão, na educação do atleta para boas práticas, na potencialização da performance e na monotorização das cargas (que é um dos principais fatores na prevenção da lesão). 

O futebol evoluiu, o jogo mudou, e por isso, as necessidades são diferentes e cada vez mais exigentes, sendo o papel do fisioterapeuta fundamental no seio de uma equipa. 

No fundo, o fisioterapeuta tem um trabalho que, por vezes, é invisível aos olhos do mais comum, mas que está sempre presente em todos os momentos!

Pedro Macedo
  Fisioterapeuta 

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.