Header Ads

Adeptos do Avintes invadem autocarro para agredir o treinador



O treinador do Avintes, José Ribeiro, publicou uma nota na sua página pessoal do facebook onde informou a sua decisão de abandonar o comando técnico e o futebol por tempo indeterminado.«Neste momento, um adeus ou um até já», referiu o treinador.




O FC Avintes, equipa que milita a Série 1 da Divisão de Elite,  perdeu nesta última jornada na deslocação ao vizinho Oliveira do Douro, por 4-1, um resultado que não terá agradado a alguns adeptos que decidiram  invadir o autocarro onde seguia equipa para agredir o treinador José Ribeiro.

«Obrigado aos adeptos que hoje invadiram o nosso autocarro para me agredir, tomaram a decisão de suspender a minha actividade no futebol muito mais fácil», revelou José Ribeiro na sua página do facebook.

O Avintes é neste momento 14º classificado com 4 pontos.

Leia na íntegra a nota publicada pelo treinador José Ribeiro:

«Neste momento de ADEUS OU UM ATÉ JÁ, ao futebol queria agradecer a algumas pessoas que muito me ajudaram. Ao eterno Presidente Manuel Ramos pelas oportunidades que me concedeu e pela humanidade demonstrada nas horas de maior aflição. Aos treinadores Augusto Mata, Manuel António, Pedro DominguesAntónio Oliveira (e aos meus meninos com os quais subimos de divisão no Sport Rio Tinto sub19), treinadores com os quais trabalhei como adjunto. Aos meus adjuntos, Nélson, Bruno CostaBruno MoraisDuarte Miranda, Puskas, Cristovão MagalhãesTiago RodriguesRui Sousa, pela dedicação e ajuda. E muitas outras pessoas cabiam nestes agradecimentos e elas sabem perfeitamente quem são. Foram mais de 30 anos dedicados a uma paixão, mas quando deixa de ser paixão para ser obrigação, o melhor é abandonar e dedicar-me a outros objectivos. Aos clubes que me deram oportunidade para trabalhar o meu muito obrigado (Gulpilhares, Esmoriz e Avintes), em particular aos presidentes Joao GodinhoGuilherme Baldaia, que foram sempre de uma grande lealdade e honestidade. A todos os jogadores que treinei, desde os mais fáceis aos mais difíceis o meu muito obrigado, já que todos contribuiram para o meu crescimento como Homem. Um obrigado especial pelo apoio demonstrado hoje pelo balneário do FC Avintes. Voçes foram grandes e comprovaram em cada treino que merecem ser felizes.

Por último ao meu clube do coração, o FC Infesta... se hoje sou o que sou devo-o em grande parte a este singular clube, e aos seus valores, de amizade, de compaixão, de cooperação, de lealdade, de perseverança, de solidariedade e tolerância. Aos jogadores que tive o prazer de ajudar naquelas duas fantásticas épocas que acabaram em duas subidas de divisão, fica aqui a minha homenagem e o meu obrigado. Sejam todos muito felizes.

PS: obrigado aos adeptos que hoje invadiram o nosso autocarro para me agredir, tomaram a decisão de suspender a minha actividade no futebol muito mais fácil.

Se esqueci de referir alguém as minhas mais sinceras desculpas...»

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.